Sobre viajar sozinha

September 2, 2019

 

Esse ano eu passei cinco dias em São Paulo, de férias. Eu não estou assim tão longe de lá, já vou de vez em quando a trabalho, mas foi diferente. Sempre morei no interior, minha cidade tem aproximadamente 120 mil habitantes, por isso a idéia de me ver “sozinha” numa cidade que tem mais de 12 MILHÕÕÕES de pessoas me dava certo pânico.

 

Passar momentos comigo (alô #datecomigomesma) não era a questão. No entanto, as coisas básicas me assombravam muito mais: andar de metrô, andar na rua, chegar ao meu destino, ser assaltada, etc. Principalmente sendo mulher e estando mais propensa a situações de assédio e violência, existir como mulher é perigoso por si só. Por outro lado, mesmo amando a vida no interior, eu ainda quero usufruir muito desse grande privilégio que é ter uma das maiores cidades do mundo por perto.

 

Então eu fui, mesmo com as mãos suando, eu fui. Fiz os meus roles, meu tour cult bacaninha, vi o Abaporu de perto, dei vááários checks na minha lista “lugares para comer SP”, encontrei uma amiga, cai na marcha da maconha no caminho da quermesse e quase apareci no Jornal Nacional, andei a toa pela Paulista mil vezes e fiz vários nadas tomando sol no Mirante do Sesc.

 

Uma amiga me disse que me admirava porque eu não tinha medo, quando na verdade eu sou é muito medrosa! Eu só tento não deixar alguns deles me paralisar. E mais, vocês acham mesmo que eu fiquei sozinha? Não, as miga paranóia, velhas conhecidas, vieram todas dormir comigo na cama do hotel. E foi assim, na intimidade que eu aprendi a lidar melhor com algumas delas.

 

Não foi uma super aventura e nem uma grande viagem. Mas foi a minha primeira e foi mais uma super viagem pra dentro de mim. E essa experiência foi a melhor coisa que eu poderia ter feito por mim esse ano. Viajar com companhia é muito legal! Mas, viajar sozinha é diferente de um jeito muito bom. Mulheres vão. Se preparem, se cuidem, comecem aos poucos e pesquisem antes sobre o destino, se ele é amigável. Mas não deixem de ir.

Please reload

Our Recent Posts

Você não é uma fraude - Síndrome da impostora

September 1, 2020

Miss Universo 2019 e meu link com um discurso de 2010 da Chimamanda Adichie.

August 30, 2020

Dona Maria I, a rainha que não era louca.

August 30, 2020

1/1
Please reload

Tags

Please reload

 

©2018 by Kelly Agostinho. Created with Wix.com.